Um pouco de XML

Você provavelmente já mexeu com HTML, certo? Então agora fica fácil aprender XML, é muito parecido, só que você não tem tags certas e nem é só para internet.

XML (eXtensible Markup Language) é uma linguagem de marcação Universal, ou seria uma linguagem para gerar linguagens de marcação, ou somente uma linguagem para armazenar dados organizados?

Tudo, XML faz tudo isso e muito mais! Você pode usar como um complemento para o HTML (XHTML), pode criar uma linguagem de marcação para alguma finalidade, ou pode simplismente utilizar como um método de guardar dados do seu jogo! É uma linguagem muito útil.

XML é recomendado pela W3C (Consórcio de empresas de Tecnologia direcionada a Web).

Bom, eu num ia postar um tópico falando de XML e não postar tutoriais! hehehe

Primeiro de tudo, veja a Wikipédia que tem uma boa descrição de XML, dá para entender bem o conceito e para que usar, depois veja os tutoriais no W3Schools, são tutoriais excelentes.

Aqui vai uma lista de tutoraiais de classe pra você se deliciar! hehehe

Esse último eu não posso deixar de comentar,  iMasters é um site ótimo, contém colunas e artigos sobre diversas áreas, dentre elas XML. Vale a pena conferir!

XML e C++

Para tratar XML com C++ é necessário alguma biblioteca externa, como a TinyXML, por exemplo. Eu prometi fazer um tutorial sobre a TinyXML, em breve ele sai!

XML e Java

Bom, eu não sei, nunca mexi com XML no Java, mas achei isso no Google: API’s Java para XML. Talvez seja útil! hehehe

XML e Flash

Para receber XML no flash, tem esse tutorial aqui no iMasters: Recebendo XML no Flash. Eu usei ele num joguinho que eu fiz em flash! =D

XML e Eu

Como já disse, eu usei XML nesse joguinho em flash e no jogo The Target, para guardar os modos de jogo.

Bom, é isso ae! Eu ainda vou fazer o tutorial de TinyXML, podem deixar.

Falou!

Uma resposta

  1. Eu já mexi com XML no Java. Ele tem de maneira nativa o DOM, tem também o XPath para facilitar a leitura dos dados (uma espécie de “SQL” para XML) e ainda algumas classes chamadas transformers, para geração dos arquivos xml. Há algumas APIs para terceiros, mas geralmente são voltadas a grandes volumes de XML, ou serialização automática de objetos (tal como a Castor).

    É realmente muito bom.

    Mas, em muitos casos, o XML não substitui uma boa linguagem de script. Se o seu assunto é integrar aplicações, o xml é um ótimo caminho. Mas se é definir variáveis e personalizar o seu jogo, considere seriamente o uso de uma linguagem de script.

Deixe uma resposta

Preencha os seus dados abaixo ou clique em um ícone para log in:

Logotipo do WordPress.com

Você está comentando utilizando sua conta WordPress.com. Sair / Alterar )

Imagem do Twitter

Você está comentando utilizando sua conta Twitter. Sair / Alterar )

Foto do Facebook

Você está comentando utilizando sua conta Facebook. Sair / Alterar )

Foto do Google+

Você está comentando utilizando sua conta Google+. Sair / Alterar )

Conectando a %s

%d blogueiros gostam disto: